Vento agrava incêndio na ilha de Ibiza, a leste da Espanha

Agência AFP

IBIZA - Os bombeiros espanhóis continuam combatendo um grande incêndio florestal na ilha de Ibiza, no arquipélago das Baleares, que já destruiu 350 hectares e que se agravou nesta terça-feira com os fortes ventos.

Trinta carros foram queimados e cerca de 100 pessoas já precisaram ser retiradas de suas casas nesta terça.

"O trabalho dos bombeiros é difícil por causa do calor", explicou à AFP um porta-voz dos serviços de emergência da ilha, acrescentando: "trabalhamos para tentar controlar o fogo ao longo do dia".

O incêndio começou na tarde de domingo em Benirras, no nordeste da ilha, provocando de imediato a retirada de 1.200 pessoas.

Trezentos bombeiros e 13 aeronaves continuam trabalhando na área.

Segundo a agência espanhola Europa Press, o fogo teria sido provocado pela explosão acidental de um carro em um estacionamento, mas os serviços de emergência não confirmaram esta versão, indicando que uma investigação será aberta para apurar as causas do incêncio.