Representante do Reino Unido no Afeganistão e Paquistão se demite

Agência AFP

LONDRES - O representante especial do Reino Unido para o Afeganistão e Paquistão deixou o cargo, anunciou nesta quarta-feira o Foreign Office, após informações divulgadas na imprensa que apontavam um conflito com os Estados Unidos em relação à estratégia contra os talibãs.

Sherard Cowper-Coles, que assumiu em março de 2010 depois de ter sido embaixador em Cabul durante dois anos, havia deixado o cargo temporariamente em junho, mas o ministério britânico das Relações Exteriores disse na época que ele retornaria dentro de alguns meses.

"Sherard deu uma inestimável contribuição à política britânica no Afeganistão e Paquistão. Mostrou grande compromisso, dedicação e experiência durante uma importante fase dos esforços internacionais na região", declarou o ministro das Relações Exteriores, William Hague, em um comunicado.

Sua sucessora será Karen Pierce, que até o momento exercia a função de diretora do Foreign Office para o sudeste asiático e o Afeganistão.

"Afeganistão e Paquistão continuam sendo a prioridade número um deste governo em matéria de política exterior", acrescentou Hague.

Embora nenhuma motivação tenha sido apontada oficialmente para a saída de Cowper-Coles, o jornal The Guardian anunciou em junho a existência de um desacordo entre o representante britânico e algumas autoridades da Otan e dos Estados Unidos.