Polícia mexicana prende megatraficante

Portal Terra

CIDADE DO MÉXICO - Um dos chefes do narcotráfico mais procurados do México, Edgar Valdez Villareal, conhecido por "La Barbie" e nascido nos Estados Unidos, foi detido nesta segunda-feira no México, informou a procuradoria.

Valdez Villarreal, que disputava a liderança do cartel dos irmãos Beltrán Leyva desde dezembro passado, "foi detido e isto está confirmado", disse à AFP uma funcionária da Procuradoria Geral da República (PGR).

"La Barbie" integrava a lista dos narcotraficantes mais procurados pelo governo mexicano, que oferecia US$ 2,2 milhões por sua captura. Nos EUA, Villarreal tinha a cabeça a premio por US$ 2 milhões.

O narcotraficante travava uma sangrenta luta nos Estados de Morelos (centro) e Guerrero (sul) pelo controle do cartel dos irmãos Beltrán Leyva, cujo máximo líder, Arturo Beltrán, morreu em dezembro passado durante uma operação militar em Cuernavaca, 150 km da Cidade do México.

Sua captura é uma vitória para o presidente Felipe Calderón na batalha contra os cartéis de droga no México. Mais de 28 mil pessoas já morreram na violência desencadeada pelo tráfico no país desde 2006, quando o mandatário mexicano iniciou sua ofensiva contra o crime organizado.

Ao menos 20 grandes chefes do narcotráfico foram capturados nos últimos meses no México como resultado da ofensiva do governo, que mobiliza 50 mil militares.