Mexicana é coroada a Miss Universo 2010

Portal Terra

LAS VEGAS - A representante do México, Jimena Navarrete, é a vencedora do Miss Universo 2010. Em segundo lugar, ficou a Miss Jamaica, Yendi Phillipps, seguida das misses Austrália, Jesinta Campbell, Ucrânia, Ana Poslavska, e Filipinas, Venus Raj.

A Miss México, agora Miss Universo, recebeu a coroa das mãos de sua antecessora, a venezuelana Stefania Fernandez, em cerimônia realizada em Las Vegas.

A brasileira Débora Lyra, 20 anos, ficou de fora logo no começo da competição, quando foram escolhidas as 15 primeiras colocadas: África do Sul, Albânia, Austrália, Bélgica, Colômbia, Filipinas, França, Guatemala, Irlanda, Jamaica, México, Porto Rico, República Tcheca, Rússia e Ucrânia.

Até então, se não havia uma representante brasileira para torcer, havia pelo menos uma vizinha, a colombiana, que acabou não sendo classificada entre as dez semifinalistas, depois de avaliada no desfile de biquíni. As misses França, Bélgica, República Tcheca e Rússia também deixaram a competição nesse estágio.

O concurso seguiu com apresentação impecável das candidatas com o desfile em traje de gala, que ajudou os jurados a escolherem as finalistas. Antes do anúncio das cinco mulheres mais bonitas do planeta, foram premiadas as representantes da Austrália, com o título de Miss Simpatia, e da Tailândia, que obteve a maior votação do público para os títulos de Miss Fotogenia e Melhor Traje Típico.

Finalmente, as cinco classificadas foram anunciadas, cada uma tendo que responder a uma pergunta. A mexicana, que acabou campeã, respondeu à primeira, sobre o uso da internet. Ela disse da preocupação com o uso da rede pelas crianças, expressando-se em sua língua, o espanhol.