Lugo fará segunda sessão de quimioterapia terça-feira, em Assunção

Renata Giraldi, Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, marcou para a próxima terça-feira a segunda sessão de quimioterapia para o tratamento de um câncer linfático. Ao contrário da primeira etapa do tratamento, Lugo não virá para o Brasil. Ele será submetido à segunda sessão de quimioterapia em um hospital em Assunção, cujo nome não foi divulgado. Ao todo, Lugo deve ser submetido a seis sessões de quimioterapia.

As informações são da Presidência da República do Paraguai. O Ministério da Informação e Comunicação para o Desenvolvimento paraguaio informou ainda que Lugo reage bem ao tratamento sem apresentar sequelas. Por esta razão, a assessoria do presidente disse que ele vai manter a agenda normal, sem alterar a rotina de trabalho.

Na última terça-feira (24), Lugo fez os exames de rotina e mais uma análise de DNA. A assessoria não forneceu detalhes sobre a nova suspeita de que o presidente paraguaio, que é ex-bispo católico, tivesse mais um filho. Três mulheres afirmam ser mães de três filhos de Lugo. Em 2009, o presidente assumiu a paternidade de uma das crianças, um menino, de 2 anos.

Há uma semana, a ministra da Saúde, Esperanza Martinez, disse que a saúde de Lugo está sob controle. Em São Paulo, no período que esteve internado, os exames confirmaram o diagnóstico de linfoma não Hodgkin, localizado na região da virilha, do mediastino e de uma parte óssea da coluna. O presidente teve alta no dia 14 de agosto.