Líder norte-coreano prossegue visita à China

Agência AFP

PEQUIM - O chefe de Estado da Coreia do Norte, Kim Jong-Il, que viajou para a China na quinta-feira, dá prosseguimento à visita, informa a imprensa sul-coreana. De acordo com o canal YTN, Kim saiu na manhã desta sexta-feira da cidade de Jilin, onde passou a noite, e seguiu para Changchun, também na região nordeste da China.

Um comboio de 30 automóveis foi visto nesta sexta-feira deixando o hotel Wusong de Jilin.

O dirigente norte-coreano deve ter reuniões em Changchun com autoridades chinesas e visitar instalações industriais, segundo o YTN.

A visita de Kim Jong-Il, aparentemente acompanhado do filho mais novo e provável sucessor Kim Jong-Un, acontece em um momento de muitas especulações sobre a sucessão na Coreia do Norte.

Além disso, Kim Jong-Il estava fora do país no momento em que o ex-presidente americano Jimmy Carter deixou a Coreia do Norte com um compatriota que estava detido em Pyongyang, do qual obteve a libertação.

Jimmy Carter viajou a Pyongyang em missão humanitária com o objetivo de tentar obter a libertação de Aijalon Mahli Gomes, condenado a oito anos de trabalhos forçados por ter cruzado ilegalmente a fronteira norte-coreana a partir da China.