Imprensa destaca tensão entre Índia e China por questões de defesa

Agência AFP

PEQUIM - A Índia cancelou as discussões em termos de defesa com a China, em um novo momento de tensão entre os dois gigantes asiáticos, informa o jornal Times of India.

Segundo o jornal, a decisão foi adotada em represália à recusa da China de conceder visto a um general indiano que supervisiona as operações militares na Caxemira, uma região disputada com o Paquistão e cenário de protestos e nos últimos dois meses.

O tenente-general B.S. Jawal visitaria a China este mês para reuniões de alto nível sobre temas de defesa.

Mas as autoridades de Pequim informaram que ele não era bem-vindo, por estar no comando de uma zona em disputa, destacou o Times of India.

O ministério indiano das Relações Exteriores confirmou em um comunicado que a visita do militar a China foi cancelada e pediu a Pequim mais "sensibilidade" em alguns temas, sem revelar mais detalhes.

China e Índia têm relações bilaterais difíceis, marcadas por disputas de fronteira no noroeste e nordeste da Índia, por uma curta guerra em 1962 e pela presença na Índia do Dalai Lama, o líder espiritual dos tibetanos, acusado por Pequim de separatismo.