"É especial vencer o Brasil em qualquer esporte", diz Delfino

Agência AFP

ISTAMBUL - O ala argentino Carlos Delfino disse, esta terça-feira, em Istambul, após sua equipe eliminar o Brasil nas oitavas de final do Mundial de Basquete, que "sempre é especial" ganhar uma partida do país vizinho, "em qualquer esporte".

"Sempre é especial jogar e poder vencer o Brasil, não importa em que esporte", disse após o jogo Delfino, que atua no Bucks de Milwaukee.

"Jogamos com muita inteligência, não perdemos a calma e fomos fiéis a nossa forma de jogar. Isto nos ajudou a poder resistir e ganhar finalmente", acrescentou.

Para Delfino, esta vitória reforça muito a moral da equipe para as próximas fases do torneio e mostrou-se otimista sobre o próximo jogo, na quinta-feira, contra os lituanos, pelas quartas de final.

"É uma equipe muito jovem. Não vamos relaxar. Acho que é um rival difícil, talvez nem tanto quanto o Brasil, mas vai ser difícil. A esta altura do torneio, todos os adversários são", disse.

"Estamos muito fortes e temos superado todos os problemas. Tivemos lesões, doenças na equipe e mesmo assim aqui estamos, todos juntos e com vontade de seguir em frente na competição", disse.