Déficit de cacau deve aumentar, diz previsão da ICCO

Agência AFP

LONDRES - O déficit mundial de cacau deverá subir para 72.000 toneladas em 2009/2010, com uma oferta estabilizada e um consumo que acelera sua progressão, informou nesta sexta-feira a Organização Internacional do Cacau (ICCO, da sigla em inglês) em seu boletim trimestral.

Em maio, a organização já aumentou para 69.000 toneladas, contra 18.000 anteriormente, sua previsão de déficit para o exercício atual, que começou em outubro passado e terminará em setembro.

A ICCO continua esperando uma produção de 3,596 milhões de toneladas (mt) para 2009/2010, contra 3,604 mt em 2008/2009, o que supõe uma redução de 0,2%.

A moedura de cacau (que corresponde ao consumo mundial) deverá alcançar, por sua vez, 3,632 mt este ano (mais que os 3,629 mt da estimativa de maio), contra 3,489 mt no ano passado, o que suporia uma progressão de 4,1%.

A ICCO também revisou sua estimativa para o ano 2008/2009, quando foi registrada a tendência inversa. Estima agora que o excedente alcançou as 79.000 toneladas no ano passado (contra uma estimativa anterior de 67.000 toneladas).

Segundo a organização, o nível das reservas mundiais era em setembro de 2009 de 1,701 mt.

Criada em 1973, a ICCO reúne os principais produtores (Brasil, Costa do Marfim, Gana, Indonésia, etc) e consumidores.