Colômbia prende guerrilheiro por atentado que matou 119 em 2002

Agência AFP

BOGOTÁ - Um guerrilheiro condenado por ter participado de um ataque da guerrilha das Farc a um povoado em 2002, que deixou 119 mortos, foi capturado nesta sexta-feira pela polícia no noroeste da Colômbia, informou o governo.

O guerrilheiro, identificado como Harbey Torres Ayala, conhecido como "Isaías", foi capturado na zona de Urabá, departamento de Antioquia, informou o governo em um comunicado à imprensa.

"Isaías" tinha sido condenado a 37 anos de prisão por um ataque das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) contra o povoado de Bojayá em 2 de maio de 2002, que deixou 119 civis mortos.

Os rebeldes lançaram uma bomba que atingiu a igreja onde os moradores estavam refugiados, em um momento em que as Farc enfrentavam paramilitares de extrema direita na disputa pelo controle do povoado.