Chanceler de Honduras chama Correa de "irresponsável"

Agência AFP

TEGUCIGALPA - O chanceler de Honduras, Mario Canahuati, tachou nesta quarta-feira o presidente do Ecuador, Rafael Correa, de "irresponsável" por revelar que um hondurenho sobreviveu ao massacre de 72 imigrantes ilegais semana passada em Tamaulipas, México.

Há "uma testemunha encoberta que, lamentavelmente, de forma irresponsável foi anunciada por uma pessoa que deveria ter prudência, levando en consideração o risco que pode correr este cidadão e sua família", disse o ministro.

Correa revelou em Quito a existência de um segundo sobrevivente, versão confirmada pouco depois pela Procuradoria Geral mexicana, que mantém sob proteção o cidadão de Honduras.

Até agora foram identificados 16 corpos de hondurenhos entre as 72 vítimas, repatriadas nesta quarta-feira num avião militar mexicano.