Oleoduto atacado com dinamite vaza no sul da Colômbia

Agência AFP

BOGOTÁ - Um ataque com dinamite ao oleoduto Transandino, que transporta diariamente 37.000 barris de petróleo, provocou um derramamento de óleo no rio Guámez, no sul da Colômbia, informou um funcionário da estatal colombiana Ecopetrol nesta terça-feira.

As autoridades declararam alerta ante a possível contaminação dos afluentes e da foz.

O oleoduto transporta o óleo de Orito, no departamento (província) de Putumayo, ao porto de Tumaco (Pacífico), no departamento de Nariño (fronteira com o Equador).

A ação aconteceu na segunda-feira, praticada por um grupo armado não identificado, que dinamitou a tubulação na zona rural do município de San Pablo (Nariño).

Os técnicos da Ecopetrol ainda não puderam chegar ao local, à espera de que o Exército garanta a segurança da zona.