Mais de 1.200 civis mortos em seis meses no Afeganistão

Agência AFP

CABUL - O conflito no Afeganistão matou 1.271 civis nos primeiros seis meses do ano, o que significa um aumento de mais de 25% na comparação com o primeiro semestre de 2009, anunciou a ONU.

As mortes de civis, provocadas pelos insurgentes ou pelas forças internacionais lideradas pelos Estados Unidos, totalizaram 1.013 nos seis primeiros meses do ano passado.

"Um total de 1.271 civis morreram e 1.997 ficaram feridos, a maioria deles gravemente", afirmou em uma entrevista coletiva o representante especial da ONU em Cabul, Staffan di Mistura.

Uma organização de defesa dos direitos humanos afegã, a Comissão Independente de Direitos Humanos, anunciou no domingo que 1.325 civis morreram no Afeganistão em 2010.