Ex-presidente Uribe pede a Chávez pelo Twitter que pare de insultá-lo

Agência AFP

BOGOTA - O ex-presidente colombiano Álvaro Uribe pediu ao seu colega venezuelano Hugo Chávez que "deixe de ser covarde lançando insultos à distância", em uma mensagem divulgado em sua conta no Twitter.

"Notifico o presidente Hugo Chávez para que deixe de ser covarde lançando insultos à distância", declarou Álvaro Uribe em uma mensagem divulgada em sua conta no Twitter domingo à noite.

No sábado, logo depois de Uribe ter deixado a Presidência, o governante venezuelano o chamou de "lacaio do império ianque" e assegurou que, em seus oito anos de gestão, colocou a Colômbia em caminhos de "sangue" e de "guerra".

A Venezuela rompeu relações diplomáticas com a Colômbia no dia 22 de julho, depois que o governo Uribe denunciara que guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e do Exército de Libertação Nacional (ELN) encontram refúgio nesse país.

Segundo Chávez, durante seu governo, Uribe "destroçou as relações internacionais, destroçou o Direito Internacional, o respeito entre os povos, o respeito à soberania".