BP dá US$ 3 bi a fundo de indenização por vazamento de petróleo

Agência AFP

WASHINGTON - A BP anunciou nesta segunda-feira que fez a primeira contribuição, de três bilhões de dólares, a um fundo que busca compensar as vítimas do vazamento de petróleo no Golfo de México.

"O propósito deste depósito foi assegurar aos que se viram afetados pelo vazamento que temos intenções de assumir nossos compromissos com eles e com os contribuintes americanos", afirma em um comunicado o novo presidente da BP, Bob Dudley.

"Estabelecendo esta confiança e realizando o depósito inicial antes do previsto demonstramos nosso compromisso de atuar corretamente nas costas do Golfo", completou.

Mais cedo, a companhia anunciou já ter gastado 6,1 bilhões de dólares para combater as consequências do vazamento de petróleo.

O montante inclui os gastos para tentar conter o fluxo do vazamento, limpar o óleo derramado, perfurar um segundo poço e injetar cimento no primeiro, além das indenizações ao governo federal, aos estados americanos afetados pela catástrofe e a pessoas e empresas prejudicadas, segundo um comunicado da BP.

A companhia britânica indicou ainda ter recebido mais de 145.000 pedidos de indenização. Segundo a BP, 103.900 pagamentos foram feitos, totalizando 319 milhões de dólares.

A BP destacou que este é ainda um cálculo total provisório, já que o valor final é desconhecido.