Blackberry não comenta suspensão nos Emirados Árabes

Agência AFP

NOVA YORK - O fabricante canadense de telefones celulares Research in Motion (RIM) não fez comentários sobre a decisão dos Emirados Árabes Unidos de suspender a maior parte dos serviços da empresa no país, ao apresentar nesta terça-feira em Nova York um novo modelo.

Nenhum representante da RIM ficou disponível depois da apresentação do novo modelo - o BlackBerry Torch - para comentar as "discussões" com as autoridades dos Emirados e, em menor medida, da Arábia Saudita, países que se disseram preocupados com os obstáculos à segurança que representam os serviços de mensagem no BlackBerry.

O novo aparelho será vendido a partir de 12 de agosto nos Estados Unidos, tendo a AT&T como operadora exclusiva.