Atentado com carro-bomba deixa 11 feridos no Cáucaso russo

Agência AFP

MOSCOU - Um carro-bomba explodiu nesta terça-feira num café da cidade de Piatigorsk, no Cáucaso russo, causando onze feridos, segundo as autoridades judiciais russas, que qualificaram o episódio de "atentado terrorista".

"Onze pessoas foram hospitalizadas com ferimentos de gravidade diversa, entre elas uma mulher em estado grave", segundo comunicado da procuradoria local, acrescentando que a explosão do artefato artesanal oculto num Lada "causou danos em numerosos veículos e prédios dos arredores".

As agências de notícias russas davam outro número de feridos: a Interfax e a Ria Novosti mencionavam 22, enquanto que a Itar-Tass contava 16.

Foi aberta uma investigação por ato terrorista.

De qualquer forma, por enquanto, as informações sobre o atentado eram imprecisas e suas circunstâncias, pouco claras.

"Pensamos no começo que se tratava de uma explosão de gás, mas ficou claro, em seguida, que havia sido um carro estacionado perto do café que foi para os ares", informou um policial à Itar-Tass. Segundo essa mesma fonte "todos os feridos eram clientes do café".

A cidade de Piatigorsk fica na região de Stavropol, no sul da Rússia.

Um policial morreu e outros dois ficaram gravemente feridos na terça, depois de um atentado suicida na próxima Ossétia do Norte, outra região golpeada pela violência desde as duas guerras feitas por Moscou na Chechênia nos anos 90.