Paquistão: autor do atentado de NY se encontrou com com chefe talibã

Agência AFP

ISLAMABAD - Faisal Shahzad, acusado do atentado fracassado na Times Square em 1º de maio passado, em pleno centro de Nova York, viajou várias vezes ao Paquistão e se reuniu com o chefe dos talibãs paquistaneses, Hakimullah Mehsud, confirmou nesta segunda-feira o ministro paquistanês do Interior.

Antes do atentado frustrado, "Faisal Shahzad veio sete vezes ao Paquistão e se reuniu com Hakimullah Mehusud e outros", declarou à imprensa Rehman Malik em Pabbi (noroeste), numa declaração transmitida pelos canais de tv locais.

O encontro entre Mehsud e Faizal Shahzad foi mostrado nos últimos dias por um vídeo difundido na internet no qual se via o primeiro, sorridente, abraçando e apertando a mão do segundo.

Mehsud dirige o Tehreek-e-Taliban Pakistan (TTP), o principal movimento talibã do noroeste, aliado da Al-Qaeda e fortemente implantado nas zonas tribais e semiautônomas fronteiriças com o Afeganistão.

Mehsud já havia aparecido num vídeo com o jordaniano Humam Jalil Abu Mulal al Balawi, o autor designado do atentado suicida que matou sete funcionários da CIA e um empregado jordaniano em 30 de dezembro passado, em uma base militar de Khost (sudeste do Afeganistão).