Chile não vai perdoar militares que cometeram crimes contra Humanidade

Agência AFP

SANTIAGO - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, assegurou neste domingo que não indultará militares condenados por crimes contra a Humanidade após uma proposta de indulto da Igreja Católica pela celebração do bicentenário do país.