Pelo menos 12 mortos em ataque aéreo dos EUA no Paquistão

Agência AFP

PESHAWAR - Aviões sem piloto americanos dispararam neste sábado quatro mísseis contra um complexo usado por combatentes islamitas em uma zona tribal do noroeste do Paquistão, matando pelo menos 12 militantes, anunciaram autoridades paquistanesas.

Os mísseis foram disparados contra um complexo da aldeia de Dwasarak, cerca de 40 km a oeste de Wana, principal cidade do distrito do Waziristão do Sul, indicou à AFP um alto funcionário de segurança, que não quis se identificar.

"Pelo menos 12 militantes morreram no ataque", disse a autoridade, acrescentando que até o momento não se sabe se entre as vítimas há alguma liderança rebelde.

Duas autoridades dos serviços secretos, uma em Wana e outra de Peshawar, confirmaram o ataque e o registro de mortos.

O Waziristão do Sul, considerado um bastião dos insurgentes, foi palco de uma grande ofensiva do Exército paquistanês no ano passado.