FMI: testes em bancos da UE são 'passo importante' para a confiança

Agência AFP

WASHINGTON, EUA - O Fundo Monetário Internacional (FMI) comemorou nesta sexta-feira a publicação dos resultados dos testes de resistência dos bancos europeus, afirmando que estes aumentam a transparência e são um "passo importante" para aumentar a confiança dos investidores.

Os reguladores europeus anunciaram nesta sexta-feira que apenas sete bancos dos 91 analisados não passaram nos testes, criados para verificar sua solidez financeira.

Essas instituições, (um banco alemão, cinco caixas de poupança espanholas e um banco grego) deverão obter fundos adicionais para reforçar sua situação.

O diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, elogiou os resultados, que são um "passo importante" em favor de um retorno da confiança nos mercados.

"Comemoramos a publicação, hoje (sexta-feira), dos resultados dos testes bancários de resistência na Europa, que marcaram um passo e uma etapa importante para uma maior transparência e com vistas a um aumento da confiança dos mercados", afirmou Strauss-Kahn por meio de um comunicado divulgado em Washington.

"A publicação dos resultados e as medidas que foram anunciadas para ajustar a questão da insuficiência de capitais em certos bancos são a promessa de um fortalecimento considerável do sistema financeiro europeu", completou.