EUA autorizam venda de sistemas de defesa ao Chile

Agência ANSA

WASHINGTON - O governo dos Estados Unidos autorizou a venda de três sistemas de defesa antiaérea para o Chile por cerca de US$ 105 milhões, informou a imprensa local.

O ministro da Defesa chileno, Jaime Ravinet, indicou que a compra "faz parte da política de reposição de material para as Forças Armadas e atende a um projeto de muitos anos".

De acordo com o jornal El Mercúrio, a aquisição permite que o Exército chileno controle radares, rádios e transmissores, além de servir como uma estação de mísseis para defesa.

Em comunicado, o governo norte-americano indicou que a venda contribuirá para "melhorar a segurança de um país amigo que tem sido e continua sendo uma força importante para a estabilidade política e o progresso econômico da América Latina".

Além do material, os Estados Unidos também oferecerão treinamento para as Forças Armadas do Chile.