Junho foi o mês mais violento para forças estrangeiras no Afeganistão

Agência AFP

CABUL - Com 79 mortos em três semanas, junho já é mais letal para as forças internacionais nos oito anos e meio que dura a guerra no Afeganistão, segundo um cômputo da AFP depois do anúncio da Otan sobre a morte de outros quatro de seus soldados na quarta-feira.

No total, dez soldados das forças da Otan (Isaf) morreram na quarta-feira. Seis deles na explosão de bombas, tiroteios e um acidente e, segundo informou a Isaf, nesta quinta outros quatro militares perderam a vida num acidente de carro no sul do país.

Com 79 mortes, junho é assim o mês mais violento para as forças estrangeiras desde o início da intervenção no Afeganistão no final de 2001, que derrubou os talibãs. Os meses mais sangrentos para a Otan haviam sido até então, depois de 30 dias fechados, julho (76 mortos), agosto (77), setembro (70) e outubro (74) de 2009, segundo as cifras do site independente icasualties.org.