UE aceita abrir negociações para adesão da Islândia ao bloco

Agência AFP

BRUXELAS - Os líderes da União Europeia (UE) aprovaram nesta quinta-feira em Bruxelas a abertura de negociações com a Islândia tendo como objetivo uma futura adesão desse país ao bloco. "A proposta foi adotada" pelos dirigentes europeus, afirmaram as fontes.

A Islândia, que introduziu sua candidatura à UE há menos de um ano depois de sofrer um colapso de seu sistema financeiro, pretende tornar-se o vigésimo nono Estado membro do bloco, depois da Croácia, que deve ingressar no grupo em 2011 ou no início de 2012.

Os chefes de Estado e de governo da UE cumprimentaram a candidatura islandesa e estimaram que o país "cumpre com os critérios" políticos, econômicos e legislativos necessários para abrir negociações, segundo o texto adotado na cúpula.

A Islândia apresentou sua candidatura em julho de 2009, com a esperança de estabilizar sua economia depois da crise mundial de 2008 e sobretudo ingressar na zona do euro.