Terremoto na Indonésia mata pelo menos duas pessoas

Portal Terra

PAPUA - Pelo menos duas pessoas morreram nesta quarta-feira, em Papua, no extremo oriental da Indonésia, em decorrência de uma onda de fortes terremotos. O principal dos tremores, que também causaram diversos danos materiais, alcançou os 7 graus na escala Richter.

As vítimas, que residiam em ilhas no litoral de Papua muito próximas ao epicentro, morreram depois que ficaram soterradas quando suas casas caíram, informou a Polícia.

A Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB) do país confirmou a queda de pelo menos outras quatro casas e um edifício público na localidade de Serui, assim como a queda de vários postes elétricos, o que provocou cortes no fornecimento de energia elétrica.

Na ilha de Biak, a mais povoada da zona afetada, houve cenas de pânico e as atividades foram interrompidas temporariamente, assim como o funcionamento do aeroporto, segundo a imprensa local.

Estima-se que pelo menos quatro tremores tenham abalado o leste da Indonésia nesta quarta-feira. O primeiro tremor atingiu os 6,4 graus e aconteceu às 12h06 pelo horário local (0h06 em Brasília), a 151 km a norte da localidade de Enarotali e 467 a km a oeste da capital papuana de Jayapura, com epicentro a 25 km de profundidade.

Treze minutos depois, um terremoto de 7,1 graus foi registrado 30 km a norte do primeiro. Um sismólogo avaliou que este tremor seria o principal, mais forte que o inicial, o qual representaria uma "prévia".

Dois tremores menores subsequentes, de 5,3 e 6,3 graus, foram registrados mais tarde. Estes seriam "réplicas" do tremor central de 7 graus.