UE e Rússia defendem investigação imparcial sobre ataque israelense

Agência AFP

MOSCOU - Rússia e União Europeia (UE) pediram nesta terça-feira em um comunicado conjunto a realização de uma investigação "completa e imparcial" sobre o ataque israelense contra uma frota humanitária que seguia para Gaza.

"UE e Rússia exigem uma investigação completa e imparcial sobre os acontecimentos e circunstâncias do ataque", afirma o texto divulgado ao fim de uma reunião em Rostov-on-Don (sudoeste da Rússia).

"Moscou e Bruxelas lamentam a perda de vidas no ataque à frota", completa a nota.

"UE e Rússia pedem a abertura imediata de passagens para os fluxos de ajuda humanitária, bens comerciais e pessoas, que entram e saem de Gaza", completa o documento.

O ataque dos soldados israelenses contra uma frota humanitária internacional que seguia para Gaza deixou pelo menos nove mortos, o que deixou o Estado hebreu no centro de uma grave crise diplomática.