Israel anuncia que estrangeiros presos serão expulsos do país

Agência AFP

JERUSALÉM - Todos os estrangeiros detidos durante o ataque israelense à frota humanitária internacional que se dirigia à Faixa de Gaza serão expulsos de Israel, informou nesta terça-feira um comunicado do escritório do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

"Todos os estrangeiros que estavam a bordo da frota e foram presos serão expulsos na noite desta terça-feira", afirmou o texto.

A maioria dos 650 passageiros da frota humanitária era turca.