Premier turco acusa Israel de ter cometido terrorismo de Estado

Agência AFP

SANTIAGO - O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou Israel de ter cometido um ato de terrorismo de Estado ao ordenar um ataque contra a frota humanitária pró-palestina, caracterizando a ordem de 'ação desumana'. O ataque deixou pelo menos 19 mortos e 36 feridos.

- Esta ação, totalmente contrária aos princípios da lei internacional, é um terrorismo de Estado desumano. Ninguém deve pensar que ficaremos quietos diante disso - disse Erdogan durante visita ao Chile.

O premier turco decidiu encurtar a viagem à América Latina devido ao incidente.