Israel 'perdeu toda a legitimidade internacional'

Agência AFP

NOVA YORK - Israel "perdeu toda a legitimidade internacional" após seu ataque contra uma frota humanitária pró-palestina em águas internacionais, disse na ONU o chanceler turco Ahmet Davutoglu.

"Isto é homicídio cometido por um Estado", afirmou Davutoglu em uma reunião pública do Conselho de Segurança da ONU convocada de emergência para examinar a situação após o ataque israelense que deixou dez mortos.

Segundo o ministro das Relações Exteriores da Turquia, país de onde saíram os barcos com a ajuda humanitária para os palestinos, o ataque "não tem justificativa alguma".

"Um Estado que cometeu esses crimes perdeu toda a legitimidade ante a comunidade internacional", acrescentou o representante turco.

Os quinze países membros do órgão executivo das Nações Unidas reuniram-se nesta segunda-feira para consultas a portas fechadas e decidiram imediatamente passar para uma reunião pública para debater a situação.