Pesquisas erram ao prever empate técnico na Colômbia

Portal Terra

BOGOTÁ - Faltando menos de 3% para terminar a apuração, a contagem oficial de votos na Colômbia mostrava que o candidato governista, Juan Manuel Santos, tinha recebido cerca de 6,8 milhões de votos - o equivalente a aproximadamente 47% - enquanto Antanas Mockus, do Partido Verde, somava apenas 3,1 milhões de votos - 22% dos votos válidos. As pesquisas previam empate técnico entre ambos.

Como surpresa, se destacou o bom posicionamento que conseguiu o candidato Germán Vargas Lleras, que ficou em terceiro lugar, com 1,5 milhão de votos. O suficiente para ficar com quase 11% da preferência do eleitorado - a votação tão expressiva também não havia sido detectada pelas pesquisas.

Apesar de alguns enfrentamentos isolados entre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o Exército nas zonas rurais de Cauca e Nariño, o pleito presidencial transcorreu sem maiores distúrbios da ordem pública nas demais regiões do país.

Durante o dia, que teve sol pela manhã e depois garoou em boa parte da Colômbia. Os eleitores foram às urnas de tal forma que de mal terminou a votação e já começou a se antecipar o a maior parte dos eleitores exerceu seu direito ao voto, que não é obrigatório naquele país. Uma opção prevista pelas pesquisas.