Ferdinand nega tensão com Terry por posto de capitão da Inglaterra

Portal Terra

SÃO PAULO - O zagueiro e novo capitão da Inglaterra, Rio Ferdinand, disse neste domingo que não haverá tensão entre ele e o antigo dono da faixa, John Terry, que perdeu o posto depois da revelação de seu caso amoroso com a ex-mulher do então companheiro de seleção, o lateral Wayne Bridge.

A negação vem depois que o ex-atacante da seleção inglesa, Ian Wright, em sua coluna no jornal inglês The Sun, afirmou que haveria tensão caso o jogador do Manchester United levante o troféu no lugar de Terry, em um hipotético bicampeoato da Inglaterra na África do Sul.

Ferdinand disse que quando você ganha a Copa do Mundo, não importa quem levanta o troféu, e acrescentou que tem certeza de que o zagueiro do Chelsea não se importaria sobre quem seria o responsável por erguer a taça, de acordo com o site Goal.com.

O jogador afirmou que, independente de quem seja o capitão, vencer a Copa colocaria os atletas na história da Inglaterra, e citou como exemplo os campeões de 1966, até hoje reverenciados no país.

Sobre a responsabilidade de ser o capitão, Ferdinand diz que se sente confortável, e que não age de maneira muito diferente de quando o dono do posto era Terry. A única diferença é que agora os atletas chegam até ele com perguntas como: "você pode perguntar sobre isso" ou "o que você pensa sobre determinado assunto".

Ferdinand comentou ainda que não há orgulho maior do que ser o capitão da equipe do seu país, mas que isso nao significaria nada se eles não estiverem ganhando alguma coisa.