Após abertura das urnas, Uribe é um dos primeiros a votar

Portal Terra

SÃO PAULO - O presidente colombiano, Álvaro Uribe, foi um dos primeiros a votar no processo que elegerá seu sucessor e foi inciado na manhã dete domingo, com horário previsto de abertura das urnas para as 8h locais (10h no horário de Brasília). As informações são a agência Ansa.

"Muito obrigada por este trabalho abnegado dos mesários. Compatriotas, o voto livre e em consciência é o reconhecimento da dignidade da pátria" assinalou ele, que sufragou logo no início da jornada eleitoral e também agradeceu aos jornalistas.

Conforme entrevista concedida à Rádio Caracol pelo chefe da Registradoria Nacional da Colômbia, Carlos Ariel Sánchez, todas as mesas de votação estão "devidamente instaladas" e operam sem contratempos.

Segundo informações do mesmo veículo, mais cedo mesários informaram que antes da abertura das urnas "enormes filas" se formaram para a entrada em alguns centros eleitorais da capital Bogotá - principalmente em Corferias, o principal deles.

De acordo com o secretário do Governo Distrital, Andrés Restrepo, a polícia metropolitana estava fazendo as primeiras coordenações para que a inspeção das pessoas fosse feita de forma eficaz, mas ágil, o que seria o motivo do atraso do ingresso dos mesários.

Cerca de 4,7 milhões de colombianos votarão em Bogotá, onde 469 postos de votação foram disponibilizados, com 11.423 mesas, cada uma com capacidade para receber 800 cidadãos.

No total, quase 30 milhões de pessoas estão habilitadas para comparacer às urnas, mas a previsão da registradoria é que somente 16 milhões participem do processo. A jornada será encerrada às 16h locais, e os primeiros resultados estão previstos para serem divulgados às 19h locais.

Há 71.777 mesas em 10.075 locais de sufrágio, distribuídos nos 1.102 municípios colombianos. No exterior, 60 países oferecem 196 lugares com 948 meses preparadas para receber 415 mil colombianos.

Os principais candidatos ao Executivo do país são o governista Juan Manuel Santos, do Partido Social da Unidade Nacional, e o oposicionista Antanas Mockus, do Partido Verde - tecnicamente empatados em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, com pouco mais de 30% das preferências.