Sobe para 90 o balanço de mortos no descarrilamento de trem na Índia

Agência AFP

SARDIHA - O balanço de mortos no descarrilamento de um trem de alta velocidade na sexta-feira no leste da Índia subiu neste sábado para 90, segundo fontes oficiais.

Segundo as autoridades, o balanço pode aumentar porque os destroços ainda estão sendo revistados pelas equipes de resgate.

Mais de 30 horas depois do acidente, as equipes continuam buscando vítimas entre os compartimentos destruídos.

O descarrilamento aconteceu quando o trem fazia o trajeto entre Calcutá e Mumbai, em uma ação de sabotagem atribuída pelas autoridades aos rebeldes maoístas, que negaram o atentado.

O acidente aconteceu aproximadamente a 01H30 (08H00 GMT, 05H00 de Brasília) no distrito de Midnapore Ocidental, um reduto maoísta que se encontra 135 km a oeste de Calcutá, a capital de Bengala Ocidental.

O trem, cheio de passageiros adormecidos, descarrilou e bateu contra um trem de carga.

As causas ainda não estão claras, mas fontes policiais indicaram ter descoberto que placas metálicas usadas para unir seções da via férrea haviam sido retiradas do lugar.