Kirchner discursa para militares sobre seu papel na democracia

Agência AFP

ARGENTINA - A presidente argentina Cristina Kirchner fez um discurso neste sábado para as Forças Armadas de seu país sobre o papel que os militares devem desempenhar na democracia ao liderar os atos pelo Bicentenário da criação do Exército Argentino.

"Toda vez que o braço armado confundiu seu papel e se separou do povo, houve amargas derrotas", advertiu a mandatária na sede do Colégio Militar do Regimento de El Palomar (periferia oeste), onde foram realizados os atos centrais pelos 200 anos do Exército.

Cristina Kirchner lembrou as "vitórias gloriosas" do Exército, mas também mencionou os golpes de Estado que liderou e que trouxeram "as sombras com amargas derrotas".

Esta foi a primeira vez que o governo nacional prestou homenagem ao Exército Argentino no tradicional Colégio Militar desde 2006, quando o ex-presidente Néstor Kirchner lançou um forte discurso em resposta a uma manifestação de apoio a ex-militares julgados por violações dos Direitos Humanos durante a última ditadura.