Ataques a mesquitas no Paquistão deixam 16 mortos

Agência AFP

LAHORE - Pelo menos 16 pessoas morreram nesta sexta-feira, em Lahore, leste do Paquistão, nos ataques contra duas mesquitas, anunciaram fontes dos serviços de emergência. Homens armados também fizeram reféns nesses templos.

"Os terroristas disparam com armas leves e jogam granadas. Eles fizeram reféns", declarou por telefone à AFP Muhzar Ahmed, dos serviços de segurancá da cidade.

"A troca de tiros continua, os atacantes estão no teto da mesquita e disparam contra a polícia", informou outra fonte policial, Amjad Iqbal.

Nos últimos três anos, o Paquistão foi cenário de uma onda de quase 400 atentados - em sua maioria suicidas - e de ataques de comandos, realizados principalmente por talibãs aliados da Al-Qaeda, e que já deixaram mais de 3.300 mortos em todo o país.