Dezesseis mortos em ataque talibã contra base da Otan no Afeganistão

Agência AFP

CABUL - Onze talibãs morreram ao atacar na madrugada desta quarta-feira em Bagram, norte de Cabul, a maior base mililtar da Otan no Afeganistão, sob controle dos americanos. Cinco soldados também morreram no ataque.

Este novo ataque, no qual participaram homens-bomba, aconteceu dias depois do anúncio pelos talibãs de uma série de operações de "jihad" (guerra santa) - ataques, atentados e assassinatos - contra as forças da Otan e contra os estrangeiros em geral.

Segundo um oficial, os talibãs utilizam "foguetes, granadas e armas automáticas".

Um porta-voz dos talibãs, por sua vez, confirmou a ação e disse à AFP que, por volta das 5H00 (21H30 Brasília), 20 homens-bomba atacaram a base de Bagram pelos flancos leste e oeste.

Segundo o porta-voz, Zabihullah Mujahid, "quatro homens-bomba acionaram cinturões com explosivos e os combates prosseguem ao redor da base".

Bagram, ao norte de Cabul, é uma enorme base e aeroporto militar da Otan, onde as forças internacionais no Afeganistão também mantêm uma prisão.

O ataque aconteceu algumas horas depois da Otan perder oito soldados no Afeganistão, na terça-feira.