Após receber prêmio, Lula socorre e abraça jornalista na Espanha

Lúcia Müzell, Portal Terra

MADRI - Após discursar durante a entrega do prêmio Nueva Economía Fórum 2010 ao final da Cúpula União Europeia América Latina, em Madri (Espanha), nesta terça-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva parou para prestar socorro e solidariedade ao jornalista Clóvis Rossi, da Folha de S.Paulo, que caiu em meio à confusão e machucou-se nas costas. Ao perceber Rossi sentado e recuperando-se do trauma, Lula parou, lhe deu um abraço e pediu para que um médico fosse chamado. O jornalista foi atendido e realiza exames em um hospital de Madri.

A entrega do prêmio acabou se transformando em um discurso de despedida do cargo pelo presidente, vencedor da homenagem. Durante 30 minutos, Lula exaltou as realizações do seu governo e disse que "certamente não virei mais aqui (Espanha)" enquanto presidente da República.

"Certamente voltarei muitas vezes à Espanha no futuro. Não sei se terei mais tempo para voltar aqui no exercício da Presidência da República, por isso trago hoje o meu muito obrigado", disse Lula.

"Eu estou muito comovido com o prêmio (...) e fico preocupado porque o ego vai crescendo. É muito prazeroso terminar oito anos de governo em uma situação extremamente importante para o meu País", afirmou o presidente, depois de enumerar episódios como a sua própria eleição, a mediação do acordo com o Irã, o aumento das transações internacionais, as negociações climáticas e a retomada das conversas sobre um acordo de livre comércio entre a UE e a América Latina, razão da cúpula na Espanha.