Manifestantes permanecem na "zona vermelha" após ordem de retirada

Agência AFP

BANGCOC - Quase 5.000 manifestantes antigovernamentais permanecem nesta segunda-feira entrincheirados no centro de Bangcoc após as 15h (5h de Brasília), horário limite de retirada estabelecido pelo governo.

"Há mais ou menos 5.000 manifestantes em Ratchaprasong, onde a situação é calma", declarou o porta-voz da polícia, Prawut Thavornsiri, à AFP.

Um total de 400 idosos e crianças se refugiaram em um templo budista dentro da zona ocupada desde o início de abril pelos "camisas vermelhas".

O governo havia anunciado que pretendia dispersar à força os manifestantes que permanecessem no local após o horário.

Desde a noite de quinta-feira, o Exército bloqueia os acessos para tentar isolar os opositores. Cenas de guerrilha urbana foram vistas desde então, com um balanço de 35 mortos.