Maioria dos americanos apoia lei migratória do Arizona, diz pesquisa

Agência AFP

LOS ANGELES - A maioria dos americanos aprova a lei que criminaliza imigrantes ilegais adotada recentemente pelo estado do Arizona (sul dos Estados Unidos) e que causou uma série de protestos em todo o país, informa uma pesquisa do Centro de Estudos Pew, divulgada nesta quarta-feira.

A medida permite que policiais do Arizona abordem e prendam pessoas que se pareçam estrangeiros ilegais, com base em "dúvidas razoáveis", mesmo que estas não sejam suspeitas de nenhum crime.

Os opositores da lei, criticada pelo presidente Barack Obama e por diversas organizações de defesa dos direitos civis e trabalhistas, afirmam que a medida promove o racismo e a discriminação com base na aparência das pessoas.

Dos 994 americanos consultados pelo Pew entre 6 e 9 de maio, 73% disseram ser a favor de que a polícia possa exigir que qualquer pessoa mostre seus documentos migratórios, enquanto 23% afirmaram ser contra.

Além disso, 67% dos pesquisados aprovam que a polícia possa prender qualquer pessoa que não puder provar seu estatudo migratório, enquanto outras 62% consideram legítimos os controles policiais com base na simples "dúvida razoável".

O conjunto da lei recebeu a aprovação de 59% dos consultados, contra a condenação de 32% deles.