Piloto francês sentiu mal-estar atribuído às cinzas vulcânicas

Agência AFP

PARIS - Um piloto da Air France que voava entre Perpiñán e Paris teve um mal-estar atribuído à nova nuvem de cinzas expelida pelo vulcão islandês, mas o avião chegou ao destino sem problemas, informou um sindicato minoritário da companhia aérea francesa.

"O incidente aconteceu quando a aeronave sobrevoava a região central da França, quando começou a sentir o cheiro de enxofre na cabine. Um dos pilotos sentiu enjoo", afirmou um porta-voz do sindicato ALTER.

"O fenômeno foi percebido apenas na cabine do piloto. Os passageiros não sentiram nada", destacou a mesma fonte.

Na chegada a Paris, a aeronave foi inspecionado e nenhuma anomalia técnica permitiu indicar que o avião tenha recebido cinzas vulcânicas durante o voo, destacou a Air France.