Golfo do México : Robôs submarinos tentam conter vazamento de petróleo

Agência AFP

AFP - Quatro robôs submarinos da companhia de petróleo britânica BP tentavam nesta segunda-feira conter o vazamento de combustível de uma plataforma petroleira afundada no Golfo do México, que provocou uma maré negra de 1.550 quilômetros quadrados.

A plataforma "Deepwater Horizon" afundou na quinta-feira passada, dois dias após uma explosão que deixou 11 trabalhadores desaparecidos.

Apesar da extensão, os técnicos da empresa afirmaram que 97% da mancha não passa de uma fina camada na superfície do mar.

A BP, que administra a plataforma, inicialmente havia informado não ter detectado vazamentos de petróleo, mas um robô submarino detectou no sábado dois buracos no conector que liga o poço à plataforma.

O porta-voz da BP, Ron Rybarczyk, afirmou que o vazamento, a 1.500 metros de profundidade, está liberando 1.000 barril de petróleo por dia no oceano.

- É um vazamento muito grave - advertiu o suboficial Erik Swanson, porta-voz da Guarda Costeira americana.

Um avião da Guarda Costeira localizou a maré negra a 64 km da costa da Louisiana, localidade com grande variedade de aves aquáticas e com uma rica vida selvagem.