Exército israelense mata dirigente do Hamas na Cisjordânia

Agência AFP

AFP - Soldados israelenses mataram nesta segunda-feira um dirigente do movimento radical palestino Hamas nas imediações de Hebron, na Cisjordânia ocupada.

Ali Souweiti estava entrincheirado em uma casa de Beit Awa, ao oeste de Hebron, que foi cercada por tropas israelenses.

Um tiroteio aconteceu e terminou com a morte de Souweiti, segundo testemunhas.

Procurado pela AFP, o Exército israelense se recusou a fazer comentários.