Ultradireita sofre derrota com reeleição de Fischer

Jornal do Brasil

VIENA - O social-democrata Heinz Fischer foi reeleito domingo nas eleições presidenciais com 78,94% dos votos, durante um pleito no qual a ultradireitista Barbara Rosenkranz, que criou polêmica com suas declarações sobre o Holocausto, sofreu um revés. Rosenkranz obteve 15,62% dos votos. Barbara, líder da frente de ultradireita, cujo marido é um dos fundadores de um partido neonazista, era, inicialmente, favorável a revisar a lei que reprime as atividades neonazistas no país e as opiniões que negam o Holocausto.