Exército israelense fere três palestinos em Gaza

Agência AFP

GAZA - Três palestinos e uma cidadã de Malta foram feridos neste sábado por tiros do Exército de Israel quando protestavam na Faixa de Gaza, perto da fronteira com Israel, segundo fontes médicas e testemunhas.

Quase 150 manifestantes, seis deles estrangeiros, protestavam contra a determinação do Exército que proíbe a aproximação dos agricultores palestinos da fronteira.

O Exército decretou uma "zona tampão" de 300 metros e abre fogo contra qualquer um que se aproxima da fronteira.

A maltesa, Bianca Zimmit, 28 anos, é membro do International Solidarity Movement (ISM), um grupo solidário aos palestinos.

Segundo um comunicado do ISM, Zimmit foi ferida em uma perna quando filmava a manifestação no leste do campo de refugiados de Al-Maghazi, a 100 metros da fronteira.

Um porta-voz militar afirmou à AFP que um "grupo de palestinos se aproximou de forma provocadora a poucos metros da área de segurança".

"Alguns soldados os localizaram e deram tiros de advertência. Três palestinos foram atingidos pelos disparos", completou o porta-voz, sem mencionar uma quarta vítima.