Aeroporto de Reykjavik continua fechado por cinzas vulcânicas

Agência AFP

REYKJAVIK - O principal aeroporto da Islândia, próximo da capital Reykjavik, permanece fechado neste sábado, pelo segundo dia consecutivo, depois que a nuvem de cinzas vulcânicas que invadiu boa parte do espaço aéreo europeu na semana passada atingiu a ilha nórdica.

O aeroporto da capital, Keflavik, não será reaberto neste sábado, segundo Hjordis Gudmundsdottir, porta-voz da Administração da Aviação Civil.

"Veremos o que acontece amanhã, mas no momento não sabemos de nada", completou à AFP.

O aeroporto fechou na sexta-feira pela primeira vez desde o início da erupção do vulcão Eyjafjöll, em 14 de abril, ao sul da ilha.

A nuvem de cinzas está atualmente no norte do país e prejudica também as atividades no pequeno aeroporto de Akureyri.