Armênia vai congelar acordo com a Turquia

Agência AFP

YEREVAN - Os três partidos da coalizão que governa a Armênia anunciaram que pretendem congelar o processo de ratificação do acordo de normalização das relações com a Turquia.

"Como o lado turco se recusa a ratificar os protocolos sem condições prévias e em um prazo razoável, pensamos que é necessário deter este processo", afirma um comunicado dos três partidos.

Desta maneira, a coalizão decidiu retirar da pauta da Assembleia Nacional as discussões, até que a Turquia aceite prosseguir com o processo sem condições prévias, completa a nota.

Turquia e Armênia, divididas sobre a questão do massacre de armênios durante o império otomano (1915-1917), assinaram em outubro dois protocolos históricos que preveem relações diplomáticas e a reabertura da fronteira comum.

Os protocolos devem ser ratificados pelos Parlamentos dos dois países, um processo que vem sendo adiado de maneira indefinida.