Maiores economias do mundo se reúnem nos EUA para discutir o clima

Agência AFP

WASHINGTON - As 17 principais economias do mundo, responsáveis pela maior parte das emissões de poluentes, se reunirão este mês em Washington para discutir o clima, anunciou esta quinta-feira um alto funcionário americano.

Os representantes destes países, que respondem por 80% das emissões consideradas causadoras do aquecimento global, se reunirão na capital americana em 18 e 19 de abril, informou à AFP o funcionário, que pediu para que sua identidade seja preservada.

Eles tentarão relançar as negociações após a decepcionante conferência sobre o clima, celebrada em dezembro, em Copenhague.

Enquanto isso, os representantes dos 194 países da Convenção da ONU sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC) se encontrarão entre sexta-feira e domingo, em Bonn, pela primeira vez desde a reunião na Dinamarca, para fixar um calendário de trabalho sobre o clima e preparar a próxima conferência dedicada ao tema, prevista para dezembro no México.

Negociado no apagar das luzes da COP15, na capital dinamarquesa, o Acordo de Copenhague tem como objetivo limitar a elevação da temperatura do planeta a dois graus, mas se manteve evasivo sobre os meios de se consegui-lo.