Piratas somalis sequestram navio turno na costa do Quênia

Agência AFP

BRUXELAS - Um navio turco, o "MV Yasin C", com 25 tripulantes a bordo, foi capturado nesta quarta-feira por piratas somalis na costa do Quênia, no Oceano Índico, anunciou o porta-voz da força naval europeia "Atalanta", enviada ao local.

- Piratas somalis sequestraram durante o dia um barco turco, a cerca de 250 milhas náuticas (400 m) a leste do porto queniano de Mombasa - declarou o capitão John Harbour.

Acredita-se que os tripulantes do cargueiro de 36 mil toneladas são turcos, mas a informação ainda deve ser confirmada, segundo o porta-voz, que afirmou que a força naval da União Europeia acompanha a situação de perto.

Por outro lado, um petroleiro com bandeira das ilhas Marshall, o "Samho Dream", capturado na mesma área no último fim de semana, se aproximava nesta quarta-feira da costa somali, indicou "Atalanta" em um comunicado.

Propriedade de um armador sul-coreano, o navio transporta 24 tripulantes, cinco sul-coreanos e 19 filipinos.