Obama e Medvedev abrem um novo capítulo do desarmamento nuclear

Agência AFP

PRAGA - Os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e da Rússia, Dmitri Medvedev, assinam nesta quinta-feira, em Praga, o novo tratado START sobre a redução de seus arsenais nucleares, um ano depois do apelo ao mundo feito pelo mandatário americano para que as armas nucleares sejam desmanteladas.

Para os dois líderes, a assinatura deste acordo é a pedra angular da reativação das relações entre russos e americanos, fortemente deterioradas durante a presidência de George W. Bush.

Obama assinará o acordo menos de 48 horas depois de ter anunciado uma nova doutrina nuclear, segundo a qual os Estados Unidos recorreriam à arma atômica apenas em "circunstâncias extremas", para defender seus interesses vitais e os de seus aliados.

A assinatura solene do novo tratado START, que substitui o acordo firmado em 1991 e que expirou no dia 5 de dezembro de 2009, será realizada na quinta-feira ao meio-dia (7h de Brasília) no Castelo de Praga, sede oficial da Presidência tcheca.

Obama, Prêmio Nobel da Paz 2009, volta a Praga um ano depois de ter pronunciado nesta cidade um discurso sobre a proliferação de armas nucleares, que assentou as bases do novo START.

O novo tratado reduz para 1.500 o número de ogivas nucleares que cada país possui.