Representante da ONU pede nova estratégia contra rebeldes no Congo

Agência AFP

LONDRES - O representante especial do secretário-geral da ONU para a República Democrática do Congo (RDC) pediu nesta segunda-feira, em uma entrevista à BBC, a adoção de uma nova estratégia para acabar com os massacres dos rebeldes ugandeses no país.

Alan Doss fez o pedido um dia depois da publicação de um relatório da Human Rights Watch (HWR) que detalha o massacre planejado dos rebeldes do Exército de Resistência do Senhor (LRA) de mais de 320 civis em dezembro de 2009, na região nordeste da RDC.

O representante da ONU defende a necessidade de melhorar a coleta de informações e de adoção de uma ação aérea mais importante para combater os rebeldes que operam "em pequenos grupos móveis em amplas partes do território".

Também lembrou da necessidade de cooperação com a população local", declarou.